FEJAMA

Saber cada dia um pouco mais,
utilizando o saber para o bem, é o
caminho do verdadeiro judoca.

icon-simbolo-japones

Brasil é destaque no Pan Máster de Judô dos EUA

Brasil é destaque no Pan Máster de Judô dos EUA

 

O segundo dia (14/11) do Panamericano Máster de Judô foi reservado às competições individuais, absoluto e por equipes. Os brasileiros conseguiram resultados importantes deixando uma ótima impressão na cidade de Milford, em Massachusetts-EUA.

A participação brasileira na competição aumentou de quatro atletas em 2007, para oito em 2008 e quinze na edição de 2009. Segundo Vlamir Dias-SP, que participa pelo segundo ano seguido, o nível técnico foi claramente superior à edição passada. “O número de atletas aumentou muito e também a qualidade. Tive sucesso mas fiz várias lutas bastante duras”, comentou o atleta que levou nada menos que cinco medalhas para casa, sendo três de ouro.

Outro destaque foi Gláucio Bernardes-RJ. Após “problemas com a balança”, acabou lutando na categoria de peso acima e mesmo assim sagrou-se campeão em uma das categorias mais equilibradas, já que havia uma disputa direta com o campeão mundial Julian Prado-EUA e ainda o campeão sulamericano Sérgio Nagai-PE, brasileiro que conquistou a prata panamericana.

Quem também perdeu a luta contra a balança foi Dejanir Nunes-AM, mas conseguiu se superar e subir no alto do pódio.

O grande destaque do fim de semana foi Leonardo Allan (pernambucano radicado em Miami há cinco anos). Além de campeão de sua categoria e por equipes, ainda venceu o absoluto, o que lhe rendeu um prêmio de 250 dólares. Foi merecidamente eleito o atleta mais técnico da competição.

O destaque feminino da delegação brasileira foi Fátima Balbone, campeã individual e por equipes, além de bronze no absoluto.
Domínio Brasileiro

O Brasil deixou aparente sua superioridade no Judô das Américas em duas situações: primeiro teve o pódio completo da categoria absoluto, com Leonardo Allan-PE, Vlamir Dias-SP, Fernando Soares-DF e Leandro Salomão-SP. Em seguida medalhou com duas equipes, ficando o Brasil “B” com o bronze e a equipe principal com o ouro. Além da medalha, cada integrante da equipe campeã ainda foi presenteado com uma belíssima espada samurai.

Confira os resultados dos brasileiros, lembrando que as categorias individuais premiaram apenas um terceiro colocado:

* M1
-66kg (Vlamir Dias-SP – Ouro / Leandro Salomão-SP – Prata)
-73kg (Leonardo Allan-PE – Ouro)
-90kg (Fernando Soares-DF – Prata)

* M2
- 66kg (Fred Guerra-TO – Prata)
-73kg (Dejanir Nunes-AM – Ouro)
- 81kg (Eleonaldo-GO – Bronze)

* M3
-66kg (Gláucio Bernardes-RJ – Ouro / Sérgio Nagai-PE – Prata)
-90kg (Sérgio Lex-SP – Prata)

*M8
-81kg (Geracino-GO - Prata)

* F3
- 70kg (Maria-RJ – Prata)

* F4
- 63kg (Fátima Belbone-SP – Ouro)

* Absoluto M1/M2
- Leonardo Allan-PE – Ouro
- Vlamir Dias-SP – Prata
- Fernando Soares-DF – Bronze
- Leandro Salomão-SP – Bronze
(Obs: Esta categoria premiou dois medalhistas de bronze).

* Absoluto Feminino
- Fátima Belbone-SP – Bronze

* Equipe Feminino
- Brasil – Ouro (Fátima Belbone-SP, Maria-RJ e convidada americana)

* Equipe Masculino
- Brasil “A”– Ouro (Vlamir Dias-SP, Leonardo Allan-PE, Sérgio Lex-SP, Geracino-GO, Fernando Soares-DF e Gláucio Bernardes-RJ)

- Brasil “B” – Bronze (Leandro Salomão-SP, Fred Guerra-TO, Sérgio Nagai-PE, Shawn-CAN, Eleonaldo-GO, Denilson-SP e Dejanir Nunes-AM)


(Fred Guerra, de Massachusetts-EUA)